existe vida após a morte?

Existe vida após a morte?

Participei de um Seminário Geral na Academia Sul-Americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna-SP orientado pela saudosa prela Ilona Von C. Nogueirol Fernandez e, em uma de suas palestras, em que o tema abordado era gratidão aos antepassados, um dos participantes que ali estavam pela primeira vez fez a seguinte pergunta:

– Por que vocês oram para quem já morreu?

Leia mais

Qual é o Grilo

Não consigo ter independência

“Sou formada em Turismo, sempre sonhei em ter minha independência, mas não estou conseguindo encontrar um emprego na minha área, o que me deixa muito estressada por ficar parada. Além do mais, moro com meus pais em um apê em cima do comércio deles, em uma avenida muito movimentada, não tenho mais momentos de silêncio. Gosto de ouvir música, mas nem isso consigo mais. Não me sinto mais à vontade no meu próprio lar. Vocês teriam algo para me dizer?”

M.B. Leia mais

crack. você pode vencê-lo

Crack. Você pode vencê-lo!

Cai a tarde, o Sol se lança no horizonte e desenha caminhos em cores quentes que contrastam com os verdes das planícies da cidade de Ibiúna. A paineira está despida, e uma beleza sem igual se vê no firmamento. O lago se abre para receber a noite, à espera da Lua. Os pássaros sobrevoam de […]

Qual é o Grilo

Preciso estudar fatos negativos para meu vestibular, mas acho que isso vai contra os ensinamentos da Seicho-No-Ie

“Para continuar sendo considerado um praticante da Seicho-No-Ie, como devo fazer no dia-a-dia para me informar, já que sou vestibulando e preciso conhecer com certa profundidade fatos considerados negativos. Sinto-me assim: se leio, desrespeito o “princípio do relógio de sol” da Seicho-No-Ie; se não leio, diminuo bastante as minhas chances de obter uma vaga no curso que escolhi. Como resolver isso?” Leia mais

pilote o avião da sua vida

Pilote o avião da sua vida

E a sua vida, como vai?

Qual é a sua resposta para esta pergunta? Provavelmente, pela força do hábito, muitas pessoas respondem automaticamente que “vai indo, como Deus quer!”. Outras talvez acabem por se lamentar da situação atual, e outras, ainda, respondem afirmando que “está tudo bem, graças as Deus!”.

Leia mais