faca a diferenca na vida de alguem

Jovem, saiba que o destino não é uma força que compulsoriamente vem de fora para nos abater. Se o nosso destino, a nossa felicidade, dependesse de fatores externos, seríamos meros escravos à mercê das vicissitudes da vida.

Devemos nos conscientizar de que dentro de nós existe a causa de tudo que influi em nossa vida. Assim sendo, se abrigamos em nossa mente somente sentimentos e pensamentos impregnados de luz, de alegria e felicidade, o mundo ao nosso redor, sendo reflexo único do nosso interior, se manifestará repleto de alegria e felicidade. Como está sua vida hoje?

Uma forma de saber se você guarda somente bons sentimentos e boas vibrações está na sua disposição ao acordar todas as manhãs.

Você desperta pela manhã sempre bem-humorado, cantarolando alegremente, ou habitualmente mal-humorado, querendo chutar o pau da barraca? Se você desperta bem-humorado, é porque no dia a dia sua mente está impregnada de bons sentimentos, como a gratidão, a harmonia e a alegria, mas, se desperta mal-humorado, seguramente a sua mente está habitada por ressentimentos, insatisfações, revolta e outros sentimentos e pensamentos nocivos.

Devemos nos conscientizar de que não somos meramente existência física, constituídos unicamente de massa corporal. Existe dentro de cada um de nós uma força oculta extraordinária que nos impele sempre para a frente. É por isso que, sempre que conseguimos algo que almejamos, não nos damos por satisfeitos e buscamos sempre mais e mais, assim como o alpinista que, conseguindo atingir o cume de uma montanha, busca sempre outros desafios ainda maiores. Essa força extraordinária latente em nosso interior é como se fosse uma geradora de eletricidade com capacidade inesgotável, esperando o momento de ser acionada. Esta força extraordinária é a Vida de Deus, alojada em nosso interior. Assim sendo, cada um de nós é um “órgão” para a Vida do Universo se autoexpressar. Somos, portanto, a suprema autoexpressão de Deus, e tudo já possuímos latente em nós.

Assim sendo, basta-nos conscientizarmos de que dentro de nós existe a mesma força extraordinária que do vazio nada criou o Universo, para em seguida criarmos o nosso pequeno universo. E essa criação se processa por meio do uso do poder das palavras, palavras que levam ao sucesso: palavras alegres, palavras animadoras, palavras carregadas de convicção do êxito, palavras harmoniosas, palavras de amor ao próximo, palavras que atraem a paz, palavras que estimulam um avanço positivo, palavras que expressam a convicção da prosperidade etc.

Não espere nada para ser feliz, você nasceu para ser feliz

Para isso, melhore os pensamentos do dia a dia, não se julgue fraco, porque o fato de você julgar-se fraco e infeliz é justamente a atitude mental que o torna fraco e infeliz. Cultive bons pensamentos, pratique o bem, leia bons livros, pratique a Meditação Shinsokan, seja um filho que se preocupa sempre com a felicidade dos pais.

No livro de sua autoria O Livro dos Jovens, o prof. Masaharu Taniguchi nos ensina:

Os fortes traçam por si mesmos o “programa” de sua vida, ao passo que os fracos nada fazem além de caminhar conforme o “programa” traçado pelos outros. Aquele que traça seu próprio “programa de vida” consegue tornar-se dono de si mesmo, mas aquele que segue o “programa” traçado pelos outros estará sempre na condição de escravo.

Essa mensagem nos leva à reflexão de que não devemos ficar esperando “a banda passar”, nós devemos ser “a própria banda”! Não devemos ficar esperando que a felicidade venha a nós, que a oportunidade venha a nós; somos nós quem devemos acreditar em nossa capacidade, acreditar que nascemos para ser felizes e fazer a nossa parte. No Ensinamento da Seicho-No-Ie, aprendemos que a falta de prosperidade e felicidade em nossa vida é materialização de carência de: esforço, sinceridade, gentileza, amor, persistência, benevolência, generosidade, amor ao próximo. O que damos e proporcionamos ao mundo, o mundo nos retribui na mesma intensidade.

Esse modo de viver é o Princípio do Relógio de Sol, preconizado pelo prof. Masaharu Taniguchi e sabiamente explicado pelo atual Supremo Presidente da Seicho-No-Ie, prof. Masanobu Taniguchi, no livro de sua autoria que leva o mesmo nome: O Princípio do Relógio de Sol, na página 28:

À primeira vista, sentimos que a vida concreta é uma existência objetiva, sólida e difícil de ser alterada. Mas, estudando pormenorizadamente o processo pelo qual ela se desencadeia, vemos que é um universo transitório, criado pela mente e passível de mudanças – por exemplo, mudar apenas nossa postura mental e tentar interpretar o que a vida concretasignifica tendo o eu como eixo central, para apenas sentir tal como ela se apresenta –, constatamos que a vida concreta que se apresenta à nossa frente pode mudar e nos propiciar muitas descobertas capazes de tocar o coração.

Portanto, jovem, se não está satisfeito com a sua vida, saiba que você tem em suas mãos a força para mudar! Mas tem de ser AGORA! Decida, agora mesmo, que VOCÊ NASCEU PARA SER FELIZ! Mude o seu vocabulário, usando somente palavras impregnadas de fé inabalável, como:

“Estou a caminho da realização!”

“Conseguirei com certeza!”

“Hoje, estou radiante!”

“Estou repleto de esperança!”

“Tenho fé inabalável!”

“Tudo consigo fazer!”

“EU FAÇO, EU POSSO, EU CONSIGO, PORQUE SOU FILHO DE DEUS!”

Muito obrigado.

Preletora da Sede Internacional Marie Murakami