Qual é o Grilo

Meu namorado me traiu e quer voltar. O que faço?

“Tenho 20 anos, frequento a Seicho-No-Ie, pratico a Meditação Shinsokan, leio os livros e sutras sagradas. Há uma semana descobri que meu namorado estava me traindo. Fiquei muito triste e, apesar de tudo, não sinto raiva nem ódio dele. Ele veio me procurar para tentar uma reconciliação, mas não sei o que pensar, não sei como agir, não sei se conseguirei confiar novamente nele, e, ao mesmo tempo, como o amo tanto, tenho vontade de voltar para ele. Ele nunca teve uma família estruturada, é jogador de futebol e não consegue nenhum time para jogar. Preciso de uma orientação. Muito obrigada!”

Resposta:

Primeiramente, agradecemos o envio da sua dúvida. Com certeza, muitas pessoas também estão passando por uma situação semelhante à sua e gostariam de uma orientação.

Parabéns por estar com o coração puro sem ódio e em dia com as práticas da Seicho-No-Ie! Elas são fundamentais para que estejamos sempre ligados a Deus.

Inicialmente, é necessário entender melhor o porquê do fato ocorrido (traição), para que isso não torne a acontecer.

No livro A Felicidade da Mulher, v. 2, p. 19, o Mestre escreve o seguinte:

“O que você está temendo? Teme a infidelidade de seu marido? Não olhe o marido aparente (do fenômeno). Se ele aparenta ser um ‘marido infiel’, nada mais é que uma ‘sombra da sua mente’. É você que se angustia por causa de uma ‘infidelidade imaginária’.

­– Não é imaginação. Vi de fato uma carta dela no bolso de meu marido – assim diz você.

Consideremos, então, que isso seja um ‘fato’. Mas o ‘fato’ é na verdade um ‘fenômeno’ (aparência), e não a ‘Realidade’. ‘Fenômeno’ é o resultado materializado dos pensamentos constantes de uma pessoa, que se concretizam ao seu redor. Por isso, foi o seu pensamento de desconfiança sobre a fidelidade do seu marido que se materializou de forma concreta. Portanto, é mesmo ‘sombra da sua mente’”.

Esse trecho do livro se trata da infidelidade do marido para com a mulher, porém, como o namoro é uma etapa até chegar ao casamento, cabe o mesmo pensamento e reflexão.

É importante ter a consciência de que tudo que acontece ao nosso redor é projeção da nossa mente, até mesmo a traição. Dessa forma, cabe uma reflexão em relação aos pensamentos que você está nutrindo em relação ao namorado e ao relacionamento em si, conscientizando-se de que essa traição não existiu verdadeiramente. Foi apenas um fato aparente materializado em decorrência dos pensamentos nutridos até então. Assim, retire da sua mente todo sentimento de desconfiança e toda tristeza e substitua-os pelo sentimento de gratidão, pois, graças a esse fato, você pôde aprender muitas coisas e tornar-se mais forte. Substituindo esses sentimentos negativos por sentimentos positivos, será mais fácil receber a orientação de Deus, para que possa tomar a decisão correta, mantendo sempre em mente a Imagem Verdadeira de seu namorado e familiares.

Após compreender isso, acalme e serene a sua mente. Não se culpe nem culpe o seu namorado. Peça apenas a orientação de Deus, intensificando a Meditação Shinsokan, para captar a Sua sabedoria. Deus possui sabedoria infinita, e, nos momentos em que não souber o que fazer, entregue totalmente a decisão a Ele, confiando plenamente que o melhor ocorrerá, pois será orientada por Deus. Um relacionamento com base no amor verdadeiro não desmorona após acontecimentos fenomênicos.

Aconselho também a leitura completa do livro A Felicidade da Mulher, v. 2. Nele, você encontrará outras respostas que contribuirão para a tomada de decisão mais correta, que fará você e todos a sua volta mais felizes. Com certeza, com base nos Ensinamentos da Seicho-No-Ie, o bem se manifestará.

 

Seja cada vez mais feliz! Muito obrigada!

Líder da Iluminação Daniele Yumi Matuguma

 

Publicado na revista Mundo ideal #245

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *