Festa das Dádivas da Natureza em Manaus – AM

Por Marcos Abreu

Manifestar o Amor em todos os atos, aprimorar a consciência da unicidade de que Deus, Natureza e Seres Humanos são originariamente unos, esta foi é a missão da Festa das Dádivas da Natureza que ocorreu em Manaus – AM, este evento que já está na segunda edição e foi um exemplo de cooperação e integridade com a comunidade, onde pode-se viver na prática o modo feliz e harmonioso da SEICHO-NO-IE, unificando a comunidade local, empresas, instituições e o poder público para juntos construirmos a Nova Civilização.

Realizada no dia 9 de Junho, no Parque Municipal do Mindu, em comemoração à semana do Meio Ambiente, a festa contou com 2 mil participantes de todas as idades, que interagiram com as atividades desenvolvida durante todo o dia. A festa em Manaus foi pensada em um formato diferente, para que todo o esforço de se criar um evento com muito amor e dedicação pudesse ser sentido por todos os participantes, criando um dia agradável com atividades voltadas para todas as pessoas, sem restrição de idade. Dentre as principais atividades desempenhadas destacam-se: Clube do Artesanato, feira de artesões e pequenos produtores, Clube da Bicicleta, Caminhada, Apresentações Artísticas, Oficina de Alimentação, Mutirão de Limpeza, doação de Mudas e Palestras.

Clube do Artesanato

 O Clube do Artesanato coordenado pela Associação Pomba Branca, contou com várias oficinas de artesanatos voltadas para jovens e adultos de todas as idades. O Principal objetivo foi trazer uma abordagem e ressignificação dos materiais que normalmente são descartados, pois não encontramos utilidade para tais. Captando esta visão, o Clube do Artesanato convidou artesões da comunidade e adeptos para ensinar de forma prática e descontraída as técnicas de reutilização destes materiais, empregando-os em itens de decoração, adornos e presentes. Dentre as oficinas oferecidas destacam-se: Origami, reutilização de CD’s, decoração de tiaras, flores de papéis e vasos reciclados com garrafas pets.

Todas as oficinas foram oferecidas de forma gratuita para a comunidade e todos os instrutores foram voluntários que gentilmente doaram seu tempo e amor para a concretização deste evento maravilhoso.

Clube da Bicicleta

 Promover o transporte limpo sem a emissão de CO2, de forma saudável e alegre, esta é a missão do clube da bicicleta. Por tamanha importância e por estar em total sintonia com a prática dos moradores da Nova Civilização, a coordenação da Festa optou por trazer este clube para integrar as atividades programadas no evento. Para isso, foi feito o convite para dois grupos de pedalas que atuam na cidade de Manaus, ambos com genuínos propósitos de preservação ao Meio Ambiente, o Pedala Manaus e o grupo Seven Bikers carinhosamente aderiram ao nosso convite. Foi delimitado um percurso de 6 km com duração média de 30 minutos, tendo como ponto de partida a Praça Santos Dummont, uma praça que foi adotada pela Regional AM/Manaus em parceria com a iniciativa privada, a empresa Lauschnner Negócios Imobiliários.

Quando fizemos a divulgação do percurso, um grande número de pessoas nos procuraram, informando que gostariam de participar no entanto não possuíam bicicletas. Entendendo esta limitação, a coordenação e o grupo Pedala Manaus se mobilizou na busca de parceiros que pudessem acolher esta iniciativa de profunda transformação, e fomos prontamente atendidos pela empresa CALOI, que cedeu em comodato o empréstimo de 25 bicicletas, novas e usadas para compor o clube, podendo assim ter uma maior adesão dos participantes. O Clube da bicicleta foi um sucesso, e certamente iremos repetir nas próximas edições, o que deixou evidente que quando nos unimos para um propósito, então tudo se torna possível e todos os recursos são providos.

Caminhada

O Parque Municipal do Mindu é muito amplo e belo, possuindo diversas trilhas que permitem que o público entre em contato com a Natureza. Nada mais justo do que aproveitar toda esta estrutura para trazer os participantes para contemplar a grandiosidade da Natureza, ouvir os pássaros, e observar os animais que compõe o ecossistema deste parque maravilhoso.

Convidamos a comunidade para esta atividade, que foi guiada pelo supervisor da Regional Hidenobo Yano, onde pode-se fazer atividades de meditação e contemplação da Natureza durante todo o percurso da trilha que teve a duração 30 minutos em meio a floresta nativa da Amazônia. Ao término da atividade foi possível observar o olhar de admiração e encanto dos participantes, que certamente se conectaram com a vida que vivifica todos os seres.

Apresentações Artísticas

 Durante toda a duração do evento tivemos a apresentação de grupos de corais, danças e taiko. Esta foi uma forma agradável de integrar a comunidade e proporcionar momentos agradáveis a todos os participantes. Gentilmente, o coral da Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e o coral da Câmara Municipal de Manaus acolheram com muito amor a causa do evento, criando um repertório de músicas com temáticas relacionadas ao meio ambiente, compostos por mais de 80 vozes no total.

Além do coral, tivemos a apresentação do grupo tradicional de Taiko, da Nippaku, associação Nipo-Brasileira da Amazônia Ocidental, que é uma tradicional apresentação com tambores japoneses.

O evento contou também com a apresentação de danças de dois grupos locais: Graças Circulares e CIA UATÊ, que lindamente interagiram com o público, encenando os movimentos corporais do maior felino da Amazônia, a onça.

Oficina de Alimentação

 Conscientizar a redução do consumo de carne devido ao grande impacto ambiental, consiste em uma das iniciativas comumente difundida entre os adeptos. Em comprometimento com esta atitude, foram promovidas palestras e uma oficina de leites vegetais, que ensinou ao público como produzir leites saudáveis para o consumo diário. Para o próximo ano, a coordenação tem o desejo de ampliar estas oficinas, trazendo maiores opções de alimentação, uma vez que o vegetarianismo ainda é visto como sendo muito “caro” e de difícil preparo.

Além das oficinas tivemos a comercialização do tradicional Yakissoba e pastel de queijo, feito pelos japoneses da nossa regional, o que foi um grande sucesso.

Mutirão de Limpeza

 Gostaríamos de deixar um presente e um impacto positivo e transformador no Parque que acolheu a Festa das Dádivas da Natureza. Unindo forças com a ONG Green Peace Manaus e a Igarapés Limpos, foi realizado um mutirão de limpeza na nascente do rio Mindu e sua margem, onde foram coletados centenas de kilos de lixo que contaminavam as águas e margens do rio. A ação contou com dezenas de voluntários, maioria jovens que engajaram-se neste mutirão.

Feiras de Artesões e Pequenos Produtores

 Durante o dia do evento foi realizado também o tradicional Bazar do Mindu, que integra os artesões locais e pequenos produtores, para que possam expor seus produtos e artes, ganhando assim uma maior visibilidade da comunidade. Tivemos no parque uma média de 25 barracas que ofereceram diversos produtos e serviços: Flores, itens de jardinagem, artesanatos, desenhos e quadros, massagens, barracas para aferição de pressão arterial etc.

Doação de Mudas

 Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMMAS) foram doadas mudas de arvores frutíferas e plantas medicinais para os participantes do evento.

Parcerias

 Devido a extensão do evento, tudo se concretizou devido o envolvimento da comunidade, iniciativa pública e privada.

A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA foi uma grande apoiadora do evento, que cultiva em suas ações um forte trabalho de prevenção e redução de impactos ambientais. Da mesma forma, o GRUPO EDUCACIONAL LITERATUS abraçou com muito amor este grandioso evento.

 

Próximas Edições

 Para as próximas edições, o desafio será integrar ainda mais a iniciativa pública e privada, além de envolver toda a comunidade escolar, criando o concurso científico para alunos da rede pública de ensino, para que juntos venham discutir soluções inovadoras para a questão do reaproveitamento de recursos e energias, trazendo ainda para mais perto esta vivência ambiental, através da criação de ideias e projetos que possam ser empregados na prática. Para isso envolveremos a secretaria de ensino da cidade Manaus, através de editais e aprovação do conselho de ensino municipal.

Foi muito gratificante este envolvimento da comunidade, o que deixou evidente que quando unimos forças podemos ter grandiosos resultados.

Tivemos muita satisfação em materializar este evento tão transformador e impactante, que teve a colaboração universal da comunidade e dirigentes da SEICHO-NO-IE da regional AM/Manaus. Deus, muito obrigado por sermos um canal de manifestação de toda a grandiosidade e harmonia, que vivifica todos os seres.

 

Coordenador do Evento: Divulgador Marcos Abreu

Apoiadores: Parque Municipal Mindu – SEMMAS (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade), Grupo Educacional Literatus, HONDA, Pedala Manaus e Seven Bikers

Público Alvo: Comunidade

Quantidade de pessoas: 2 mil pessoas

Confira fotos:

 

 

 

O Poder da Harmonia transforma vida de centenas de mulheres no Feriado da Páscoa

Por Fernanda Kanasiro

 

Harmonia e o poder que ela tem de transformar foi o tema central do 54º. Seminário de Treinamento Espiritual para Jovens Mulheres, promovido pelo Departamento Feminino da Associação dos Jovens da Seicho-No-Ie do Brasil, nos dias 19 a 21 de abril, na Academia Sul-americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna (SP).

Mais de 450 mulheres viveram juntas momentos de profunda reflexão, decisão e transformação em suas vidas, através de palestras, vivências, orações e muita troca de experiência de vida. Tudo isso orientado pelos preletores: Eleonor Setsuko Kawano Sato, Suely Cornelsen, Daniele dos Santos Souza Onodera e como convidados especiais os preletores Fernando Bianchi Rufino e Patrícia Akinaga da Silva.

Acolhimento, foi o sentimento quando começou o seminário, a sensação de que todas as feridas da alma estavam sendo curadas como importantes experiências para o progresso infinito. “O seminário foi incrível e compartilhá-lo com minha mãe tornou tudo mais especial. Nesses dias pude vê-la não só como mãe, mas como mulher, uma mulher extraordinária e que é meu exemplo diário. Foi uma oportunidade de admirá-la ainda mais. Crescemos juntas, nos aproximamos e eu pude transformar minha forma de demonstrar amor e gratidão. A Seicho-No-Ie fala que não oramos para Deus lembrar de nós, mas para nós lembrarmos Dele, isso resume minha experiência. Esse seminário me mostrou como é preciso lembrar que Deus está sempre dentro de mim, não só quando estou na Seicho-No-Ie, mas na mulher que sou todos os dias”, foi assim que Ana Carolina Brito Menezes, de Brasília, resumiu sua vivência durante os três dias de seminário.

Determinação, foi o sentimento quando terminou o seminário, levar ao mundo o poder regenerador da harmonia através do ser mulher, é a experiência pela qual todas as participantes, a sua maneira, decidiram se lançar em prol da humanidade.

Para Zenaide Almeida, de São Paulo, ao final do evento o que permeia seu coração é a “Sensação de dever cumprido: é com esse sentimento que encerramos o Seminário de Jovens Mulheres 2019. Uma das experiências mais incríveis que vivi. Três dias muito especiais ao lado de amigas que fiz pelo Brasil e mulheres maravilhosas que vieram ao Seminário pela primeira vez. Ser um instrumento de Deus que proporcionou às participantes de primeira vez (eu, no papel de coordenadora de caravana) alegria, emoção e despertares de consciência foi simplesmente incrível. Sem dúvida alguma é o que faz todo o trabalho valer a pena: ver rostinhos felizes e querendo retornar no ano seguinte. Isso é impagável. Obrigada, Departamento Feminino.”

Em 2020 prepare-se, por que o 55º. Seminário para Jovens Mulheres vem aí e você não vai ficar de fora desses três dias mágicos de renascimento.

 

Confira fotos do evento:

.

 

 

 

Estágio de Formação & Capacitação de Líderes da AJSI/BR – Janeiro de 2019

Por João Vitor Cuareli Leme do Prado

Três perguntas, assim começou o Estágio para Formação e Capacitação de Líderes da AJSI/BR de janeiro de 2019. Sem mais delongas, nosso presidente nacional, Regis Yoshio Shimanoe, nos questionou sobre porque decidimos estar ali, o que faremos quando voltarmos para casa e qual deve ser nossa postura para aproveitarmos o estágio. Essas não são perguntas triviais, ainda mais quando feitas logo no primeiro dia, na primeira atividade e num ambiente estranho com pessoas desconhecidas. Com uma voz amiga, o presidente complementou: “Vocês não precisam responder agora. Respondam ao final do estágio, no último dia do Persona Vip.”

Acredito que quem respondeu naquele primeiro momento, como este filho de Deusão, quebrou a cara no último dia do estágio. Após tantas experiências, nossas percepções mudaram, nos tornamos uma família. Ao longo destes vinte dias, 08 a 27 de janeiro, nossos laços afetivos transcenderam a escala do tempo. Nossas amizades não foram forjadas nessa vida. Aquele ambiente antes estranho, se transformou em nossa casa e a pessoa que dormia ao nosso lado, agora é nosso irmão.

No primeiro dia, éramos seres individuais, preocupados com o quanto vamos dormir, quando iremos comer e o como o clima estava quente.  Muitos ali pensaram em desistir, afinal, ninguém nos avisou que não seria fácil, mas calma, tudo vem para o bem.

O segundo dia foi o momento de quebrar paradigmas.  Lembra das três perguntas? Elas começaram a ser esclarecidas, ao final da aula com o tema: “Os pais são dignos de gratidão”. Compreendemos aos prantos e ao som de uma linda canção, que se não fosse por eles, não estaríamos ali. Com a cara inchada, conduzi a mais emocionante oração da refeição da minha vida, onde percebi que para vivificar a vida e o Amor de Deus, é preciso ser grato aos meus pais. Depois disso, purificamos da mente de todos os questionamentos que nos acompanhavam.

O terceiro dia será o último que narrarei com um pouco mais de apreço. Nele compreendemos o significado da empatia, nos entregamos de corpo e alma, o sentimento de unidade tomou conta de nós e efetivamente formamos uma família. Fenomenicamente, em número de participantes, foi a menor Meditação Shinsokan de Oração Mútua que já participei. Eram 30 pessoas em um círculo orando umas pelas outras. Não existe planejamento no mundo capaz de prever o que ocorreria ali, todos renascemos como irmãos, todas as questões que achávamos que deixamos em aberto para vir ao estágio se resolveram, e aqueles 30 estranhos se abraçaram aos prantos, não só uma vez, mas quantas vezes fossem necessárias. Não existem desafios que não possamos enfrentar juntos, a AJSI é uma família.

O estágio não se resumiu a uma purificação da mente e uma oração mútua. Fomos para a rua doar amor em visitas de benção e divulgações de revistas, praticamos a meditação shinsokan todos os dias sem falta, aprendemos sobre a verdadeira ética da Seicho-No-Ie numa aula que mudou nossa forma de ver o mundo, rimos, cantamos, agradecemos, tomamos decisões, enfim, nos aprimoramos. Colocamos em prática tudo o que aprendemos ao longo do estágio na organização do Seminário de Oferenda do Trabalho para Jovens e Juvenis e, por fim, planejamos o futuro em um Persona Vip especial.

Cada Preletor, Líder da Iluminação, Divulgador, Líder, Adepto, Jovem ou Juvenil que cruzaram nosso caminho durante esses dias de intenso desenvolvimento contribuíram em nossa caminhada. Cada estagiário e coordenador deixou uma marca em nossas vidas. O estágio não se trata de uma mera capacitação. Fizemos amigos, conhecemos pessoas, trocamos informações, refletirmos juntos e compreendemos o quão grandioso é fazer parte deste movimento, um sonho idealizado pelos pioneiros.

Antes de vir para o estágio, meu ego precisava se preparar, procurei descobrir o que me aguardava, afinal o que acontece no estágio da AJSI? Ninguém soube me responder. A única resposta válida parecia ser que não há como descrever com palavras as experiências que vivemos lá. Hoje, eu entendo isso e se alguém me perguntar, não conseguiria descrever a experiência. Explicar a vivência que tivemos é como expressar o infinito num mundo finito, não é impossível, mas também não é trivial.

Já fazem duas semanas que nos separamos e, neste período, retomamos nossas vidas, reencontramos nossos familiares, refletimos sobre tudo e voltamos a atuar em nossas regionais. Mas quem pensa que tudo voltou ao normal, se engana. Somos uma família e não existem distâncias que separam aqueles que se amam. Continuamos compartilhando alegrias, tristezas, projetos e reflexões. Se antes jogávamos sozinhos, hoje somos um equipe, compartilhamos experiências e estamos prontos para qualquer desafio, afinal, há sempre um novo jogo pra jogar.

 

 

 

 

 

Curso Persona VIP – Academia de Ibiúna-SP

Por Beatriz Albuquerque e Castro

“Os Dedicados à Iluminação”. Esse foi o tema do Curso para Líderes da AJSI/BR de 2019. Um tema tão forte quanto assertivo para nomear aqueles que sentem no íntimo de seu coração o desejo de ver felizes todas as pessoas.

E sabem que essa felicidade não é algo material e nem está atrelada à satisfação de uma vontade pessoal. É algo mais amplo e profundo, no qual a concretização do fazer feliz a si próprio corresponde ao ver feliz o outro.

Entre os dias 23 e 27 de janeiro de 2019, a Academia de Sul-Americana de Treinamento Espiritual de Ibiúna-SP recebeu jovens com o coração repleto de amor e o desejo de tornar concreto o ideal de despertar a natureza divina de todos os jovens do Brasil.

Foram dias intensos, de formação e aprimoramento de aspectos relacionados ao conhecimento, à fé e à ação.

A primeira aula do curso foi ministrada pelo presidente da AJSI/BR, preletor em grau Sênior, Regis Yoshio Shimanoe. Trabalhando o tema “qual o seu sonho?”, ele propôs a seguinte reflexão: “Por que você se dedica à Seicho-No-Ie?”. E, diante dos olhares calorosos dos jovens ali presentes, apresentou a proposta do curso: lapidar e forjar as convicções.

Em uma de suas aulas, o Preletor em grau Sênior Paulo César Rocha Ribeiro falou sobre “o valor do caráter”, principalmente para aqueles que são líderes. Importância esta que está expressa no trecho a seguir, da página 85 de O Livro dos Jovens: “Não devemos deixar-nos iludir pelas seduções do mundo exterior; não devemos macular a nossa dignidade. Saibamos que o verdadeiro valor do homem é o seu próprio “caráter”, e que as demais coisas são apenas acessórios.”

Durante o curso, os jovens puderam acompanhar uma aula com o Diretor-Presidente da Seicho-No-Ie do Brasil, preletor em grau Máster Yoshio Mukai, e uma mensagem do Presidente Doutrinário da Seicho-No-Ie para a América Latina, preletor da Sede Internacional Fumio Nishiyama.

O preletor Mukai falou sobre “gratidão e o princípio do Relógio de Sol”, reforçando que a Seicho-No-Ie é uma filosofia prática e que os jovens devem ver Deus em todas as pessoas coisas e fatos, sempre fazendo uso do poder da Palavra para expressar a alegria. Devem também ter consciência de que o provimento de Deus depende do tamanho do recipiente mental de quem recebe, portanto, não é bom haver uma atitude mental limitante.

Em sua mensagem, o preletor Nishiyama comentou sobre a diferença de “palavra e Palavra”, sendo a primeira a forma de tentar expressar a segunda, que é inefável, tratando-se da essência. Dessa forma, não é correto se apegar ao sentido literal de tudo, pois corre-se o risco de acabar tornando-se fundamentalista, enquanto a Verdade – que é o que realmente importa – é um fluxo que flui eternamente.

“Senso de missão” foi o tema da aula do Aspirante a Preletor da Sede Internacional Luciano Sundin do Lago. Em sua fala, o preletor indicou um ponto essencial para todo líder da Seicho-No-Ie: “por mais que o trabalho seja bem estruturado, se não for feito com alma, não vai adiantar.” E completou: “colocar alma é trabalhar com amor!”. Dessa forma ficou evidente que, diferente de se trabalhar por obrigação, a dedicação ao Movimento de Iluminação da Humanidade – Movimento Internacional de Paz Pela Fé é realmente transformadora quando feita com a alma, com amor.

Como formas de concretizar este ideal sobre a face da Terra, ocorreram também atividades com o viés mais organizacional. Sob a orientação do preletor em grau Júnior Milton Hitoshi Suga, as diretorias das regionais e associações locais presentes puderam saber mais sobre o Projeto AL, refletir e mensurar seus sonhos para as associações e desenvolver suas estratégias para torná-los realidade.

Com a aula “Reunião de Diretoria” da líder da iluminação Natália Takakura Okada Oshima ficou ainda mais evidente para os participantes a importância dos encontros de líderes para a tomada de decisões, compartilhamento e análise de informações, bem como as maneiras de sistematizar esse processo, o que torna possível vivificar o tempo e a execução de um trabalho mais assertivo.

E não é só do que podemos chamar de formação intelectual que é feito um Curso Persona Vip. A ocasião também é uma grande oportunidade de vivência. Por isso, práticas e cerimônias são partes essenciais da programação. Os líderes que estiveram presentes puderam participar de Cerimônia em Memória dos Antepassados, Purificação da Mente, Meditação Shinsokan Básica, Cerimônia de Consagração e Agradecimento à Missão Sagrada, Prática da Meditação Shinsokan para Praticar as Quatro Mentes Imensuráveis, Cerimônia do Fogo Sagrado, Cerimônia em Memória dos Pioneiros da AJSI e Meditação Shinsokan de Oração Mútua.

E claro, esses amados líderes deram um show de respeito, dedicação e entrega, permitindo uma verdadeira transformação em suas vidas. Por meio dos relatos de impressão, ficou evidente o renascimento pessoal de cada um e também o fortalecimento da fé.

Movimento x Atividade, administração do tempo, refeição simples, espírito de aprimoramento, respeito ao cargo e função, harmonia nas relações, formação de liderança, ordem e progresso, criação de vínculos, centro do Movimento e humildade e autoconfiança foram outros temas também trabalhados durante o curso. Ocorreram ainda núcleos de discussão específicos sobre determinados cargos ou temáticos por departamentos. Com uma programação tão completa, dá para sentir a reverência, carinho e amor do pessoal da CEC da AJSI/BR que fez a programação do Persona, não é mesmo?

Claro que a Universidade Nova Civilização não poderia ficar de fora. Por meio dos clubes de Horta Orgânica, Artesanato e Bicicleta foi explorado de maneira teórica e prática o conceito do Mendokusai, mudança de hábitos, aprendizados com a natureza e busca por aquilo que não seja supérfluo. Que alegria ter a oportunidade de aprender o novo estilo de vida e superar as próprias limitações!

O Persona Vip também é um marco nas atividades da AJSI/BR para o ano. Durante o curso ocorreu o lançamento dos Concursos Nacionais e claro, da 64ª Convenção Nacional, que terá como tema “Experiências”. Se a Convenção depender da alegria dos presidentes regionais ao receberem os convites e da animação dos estagiários ao dançar a música-tema do evento, já superou todas as expectativas. É sucesso absoluto!

O tradicional luau foi um dos momentos de grande expressão de alegria do curso. Oportunidade também de fortalecer os vínculos, se divertir ao lado de amigos e expressar talentos musicais.

A conclusão do Persona Vip ficou por conta da Aspirante a Preletora da Sede Internacional Daniela Cristina Seghessi. O tema “o dedicado à iluminação” trouxe a formação de novos líderes, contando sobre a experiência do pessoal de Curitiba, com a Unileader e os módulos de estudos específicos para jovens.

Mas, além disso, a preletora orientou sobre a vivência do amor em unidade com o outro e a importância de os líderes serem bondosos com eles mesmos, evitando pegar pesado na autocobrança e tendo sempre a consciência da própria natureza divina. E finalizou: “Vocês são a Luz! Sejam vocês mesmos!”

Que alegria! Que oportunidade! Que experiência! Muito obrigado, Persona Vip 2019!