Qual é o Grilo

Quero um relacionamento e vivo levando fora das meninas

“Tenho 24 anos, estou solteiro e tive apenas duas namoradas a vida toda. Sempre quis ter um relacionamento sério, mas vivo levando fora das meninas… Será que eu tenho mesmo uma metade da alma?”

Muito obrigado por entrar em contato com a seção Qual é o grilo? da revista Mundo Ideal. Parabéns, por almejar um relacionamento sério e, no futuro, constituir uma família.

Hoje você está com 24 anos, e a questão “se tenho ou não metade da alma” o aflige. No livro Você Pode Se Tornar uma Pessoa Maravilhosa, o prof. Seicho Taniguchi fala: “Talvez você tenha muita angústia. Elas surgem porque você é maravilhoso, e não porque é imperfeito; são manifestações do anseio latente em querer melhorar. Por isso, por mais angústia que surjam na sua vida, não esmoreça jamais”.

Então, não permita que esta angústia que é passageira deixe dúvida quanto ao seu desejo de encontrar a sua alma gêmea.

Mude o foco e pergunte-se como está o seu relacionamento com seus pais. Quando falo pais, não cito apenas os biológicos, mas incluo também os que foram responsáveis pela sua criação. Você realmente agradece por ter pais tão maravilhosos, ou acha o jeito deles careta, que pegam muito no seu pé; ou pensa que hoje vivemos em outra era, e eles não entendem? Enquanto julgar os seus pais, esta angústia prevalecerá, pois, por não aceitá-los, ou seja, a sua origem, também você não se aceita, enxergando apenas o seu aspecto fenomênico.

Esta forma de ver apenas o exterior nos afasta do que é verdadeiro, e isso faz nascer dúvidas, medos e ansiedades.

O prof. Masanobu Taniguchi cita no livro Orações Diárias, na página 180, o seguinte: “Se ainda não consegui encontrar a pessoa que será minha companheira por toda a vida, é porque me esqueci de que, na essência, recebi tudo desde o princípio, e vinha mantendo a ideia equivocada de que a minha existência física é o meu Eu Verdadeiro; é porque me esqueci da minha natureza espiritual, considerando-me simples existência física”. A partir de agora, aja como um verdadeiro filho de Deus, agradeça e ame seus pais, acredite em você e ame-se. Todos os dias pela manhã, diante do espelho, faça o Treino do Riso, “Wa há há há”, e repita: “Sou alegre, sou feliz, sou um grande homem, sou um homem de sucesso, sou um filho amoroso e carinhoso, sou estudioso. Com certeza, um jovem alegre e dinâmico atrairá uma jovem alegre e dinâmica”.

Caso ainda não participe das reuniões de jovens, convido-o a conhecer as reuniões para jovens da AJSI/BR e ter uma vida ainda mais feliz. Entre em contato conosco, que lhe informaremos a reunião mais próxima da sua casa.

Sugestões: Ler o livro Amor entre Pais e Filhos, do prof. Seicho Taniguchi; realizar a oração “Para louvar a ‘outra metade da alma’”, na página 183 do livro Orações Diárias, do prof. Masanobu Taniguchi; e fazer Forma Humana para encontrar a metade da alma, desejo 8, e de harmonia, desejo 4. Esses artigos da Seicho-No-Ie você encontra na livraria virtual e na Regional da sua cidade. Caso não saiba onde fica a Regional da sua cidade, você pode buscar no item “Encontre” do nosso site.

Oro por sua felicidade e que todos os seus ideais se concretizem no plano fenomênico.

Sucesso e muita paz para você e sua família. Deus os abençoe.

Forte abraço,

Preletora em grau Júnior Janaína Cavalcante Binatti

Publicado na Revista Mundo Ideal #235

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *