Posts

Qual é o Grilo

Meu padrasto maltrata a minha mãe

“Participo da Seicho-No-Ie há sete anos, mas de uns tempos pra cá parece que tudo virou de cabeça pra baixo. Meu padrasto está estranho, e eu não gosto da forma com que ele trata minha mãe, age como se ela não valesse nada. As brigas em casa são constantes. Se eles se separarem, também não sei como viveremos, pois minha mãe está desempregada. Porque isso está acontecendo com minha família?” Leia mais

Qual é o Grilo

Ando muito desanimado com a faculdade

“Sou estudante universitário, mas ando muito desanimado com a faculdade e não consigo manifestar toda a minha capacidade. Estou na segunda tentativa de me formar no curso de engenharia, mas com o meu baixo rendimento nas matérias já não sei se esse seria o curso ideal para mim. Preciso de ajuda para tentar encontrar meu caminho. Tenho 27 anos, minha mãe é adepta da filosofia Seicho-No-Ie e vive dizendo ‘você precisa praticar a Meditação Shinsokan’, mas não consigo manter uma regularidade nessa prática. Por favor me ajudem.” Leia mais

Qual é o Grilo

Não sei como orar pela metade da minha alma

“Olá, meu nome é S.L., tenho 22 anos, mulher, e isso me incomoda muito porque não sei como mentalizar ao procurar a metade de minha alma, não sei se devo mentalizar um homem ou uma mulher. Já que isso incomoda muito a minha mãe, e sei que devemos obedecer os pais, às vezes tento mentalizar com um homem, mas isso não me traz felicidade. Às vezes mentalizo com uma mulher e me sinto muito feliz, mas daí acho que isso não é correto porque causa infelicidade da minha mãe.” Leia mais

Qual é o Grilo

Não consigo ter independência

“Sou formada em Turismo, sempre sonhei em ter minha independência, mas não estou conseguindo encontrar um emprego na minha área, o que me deixa muito estressada por ficar parada. Além do mais, moro com meus pais em um apê em cima do comércio deles, em uma avenida muito movimentada, não tenho mais momentos de silêncio. Gosto de ouvir música, mas nem isso consigo mais. Não me sinto mais à vontade no meu próprio lar. Vocês teriam algo para me dizer?”

M.B. Leia mais