Qual é o Grilo

Tenho uma péssima mãe e sou muito humilhada na casa dos meus pais.

Tenho 25 anos e até hoje não consegui nada e vivo de favor na casa dos meus pais. Tenho uma péssima mãe, e na casa dos meus pais sou muito humilhada, já perdi até a fé. Por que não tenho sorte e nunca tive?

Resposta: Primeiramente, gostaria de lhe informar que a Seicho-No-Ie tem uma oração denominada “Oração para perdoar a si mesmo”. Procure adquiri-la e fazê-la várias vezes ao dia, no mínimo 20 vezes, isso pelo fato de você se autodesprezar, se achar burra, incapaz, sem sorte. Faça isso, então se sentirá mais feliz com você. Você diz que tem uma péssima mãe. Você deve considerar que muitas vezes nossos pais nos educam de forma agressiva não porque não nos amam, mas por falta de conhecimento. Por isso, devemos compreendê-los. Muitas vezes eles não receberam uma educação baseada na pedagogia do amor. Acredite que você escolheu esta família e deve salvá-la, iluminá-la, porém não com sermões, mas com a força do seu amor, do seu exemplo e do seu perdão. A Seicho-No-Ie tem uma outra oração muito importante, que é a “Oração do perdão”. Ela deve ser feita várias vezes, até que nos reconciliemos com as pessoas que nos magoaram e que nós magoamos também. Portanto, quer ser feliz? Cheia de sorte? Perdoe seus pais, eles são os representantes de Deus na sua vida. Procure uma Associação dos Jovens da Seicho-No-Ie mais próxima de sua residência e participe das reuniões, dê uma oportunidade a você participando também de um seminário para jovens na Academia. Leia o livro Buscando o Amor dos Pais, de autoria do preletor Kamino Kusumoto. Pratique o que está sendo proposto e verá a sua vida se transformar. Felicidades!

Aspirante a Preletor da Sede Internacional Ariovaldo Adriano Ribeiro

Publicado na revista Mundo Ideal #222 (janeiro de 2013)

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *